<

25.09.04 por Bruno Oliveira
Terminal foi um dos poucos filmes de Steven Spielberg que deu prejuízo. O que isso quer dizer?

Quer dizer que Spielberg está numa das fases mais produtivas de sua vida (ter filmes dele em cartaz não é novidade para o público). Quer dizer que ele resolveu arriscar a fazer comédia de novo (depois de algumas piadas bem sucedidas em Prenda-me se for capaz). Quer dizer que ele não está preocupado em agradar (porque se estivesse o filme ia ser um sucesso com 100% de certeza).

Isso mesmo! É o Pagoda dos Todas essas noticias são boas, mas Terminal não é bom. Mas também não é ruim.

Spielberg nasceu com a câmera na mão – o cara filma desde que começou a andar –, então é humanamente impossível que seus filmes sejam completamente ruins. Sempre tem um toque de gênio. Sempre.

Desta vez ele faz uma sessão da tarde baseada (bem de longe) na vida de um iraniano que ficou preso no aeroporto de Paris e resolveu ficar por lá mesmo (e está lá até hoje). Espere sair em vídeo e veja num domingo de chuva.

Deixe seu comentário