<

Homem-aranha 2

02.07.04 por Bruno Oliveira
Não se enganem, Homem-Aranha 2 é um filme de Sam Raimi. Se no primeiro o que irritava era o merchandising da Sony e a roupa “estilo Jaspion” do Duende Verde, os problemas acabaram! Aparentemente com muita liberdade, o diretor resolveu fazer um filme sobre Peter Parker e seus problemas.

Homem-Aranha 2: Fantástico e não farsaQuando Corpo Fechado estreou no cinema vimos que um filme de super-herói pode precisar de muito tempo de cenas íntimas para fabricar uma cena de ação realmente empolgante. Entender isso é o trunfo do diretor. Sem pressa, ele passeia cuidadosamente por cada personagem, deixando todos eles mais reais e mais complexos do que em qualquer gibi.

Várias cenas do filme já nasceram para virar referência: A luta no trem tem a melhor conclusão de todos os tempos num filme do gênero. A do hospital é 100% Raimi, referência ao trash no estilo de Evil Dead (e não aos quadrinhos, como dizem por aí). A cena do elevador é genial, hilária e corajosamente longa.

De um modo geral é tudo tão diferente do que se espera de um filme comercial que é difícil acreditar que a maioria do público vá gostar. Grande acerto! A produção é inteligente e não subestima a capacidade do espectador de entender o novo conceito.

Deixe seu comentário